AÇÃO COM TIROS ESPACAMENTOS A TRABALHADORES DE UMA FAZENDA ÁS MARGENS DA BR 222 ITAPECURU-MIRIM O CLIMA É TENSO COM REFÉNS

Urgente – Grupo armado invade fazenda com mais de 3 mil hectares de terras em Itapecuru-Mirim

A FAZENDA INVADIDA NÃO PELO MST -CURIOSO

Na manhã do último sábado, dia 5, uma fazenda foi invadida no interior do Maranhão. A propriedade localiza-se na BR-222, no município de Itapecuru-Mirim e tem mais de 3 mil hectares de terras. Ainda segundo informações, não se trata de uma ação de posseiros ou MST, mas de um grupo fortemente armado, que adentrou a propriedade rural com camionetes e carros caros. Durante a invasão, tiros foram disparados, o gerentes e funcionários foram agredidos e amarrados antes de serem expulsos do local. Caseiros estão dentro de casa trancados com os familiares, enquanto o grupo invasor permanece nas dependências, com som alto e ingerindo bebidas alcoólicas. O clima é tenso na região em decorrência do conflito. Suspeita-se que policiais militares, a paisana, participam da invasão; eles teriam sido contratados para dar suporte ao invasor. O dono da fazenda invadida já ingressou na Justiça com medidas cabíveis. O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Segurança Público, foi informado, demonstrou preocupação e nas próximas horas vai enviar Força Tarefa ao local. Uma equipe da Corregedoria da PMMA estará acompanhando a Força Tarefa para averiguar a denúncia que policiais estariam oferecendo suporte a invasores de terra em Itapecuru-Mirim..

UMA CURIOSIDADE.

SÓ CARRÕES DE LUXO NESSA INVASÃO CHIQUE MAIS O AMBIENTE É TENSO , POIS EXISTEM REFÉNS  TRANCADOS NAS DEPEDENCIAS DA F AZENDA 

A invasão não está sendo feita por  integrantes do MST_ Movimento dos sem Terra , quem são os responsáveis estão presente praticando uma invasão de alto luxo, os carrões que estão acampado na fazenda demonstra isso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *