As incoerências de Paulo Marinho, vão desde a parceria política com o prefeito, onde esposa,filho irmão e amigos fazem parte do alto escalão da administração de Fabio Gentil e mais, passando pela ANATEL que investiga suas gambiarras na telecomunicação de suas empresas TV e Radio em Caxias

A postura incoerente de Paulo Marinho em Caxias

O ex-deputado cassado Paulo Marinho, que voltou ao noticiário maranhense quebrando uma câmera de filmagem em Caxias, tem adotado uma postura política totalmente incoerente.

Paulo Marinho tem dito que passou a ser Oposição a gestão do prefeito de Caxias, Fábio Gentil, mesmo o gestor tendo sido reeleito com quase 80%, até aí é um direito que lhe cabe, mas o problema é que a prática não está combinando com a teoria.
Apesar de garantir ser Oposição, Paulo Marinho segue com familiares na gestão de Fábio Gentil. Óbvio que nem vou citar que o filho, Paulo Marinho Júnior, é vice-prefeito reeleito, mas existem outros familiares que ocupam cargos de destaque na administração tão criticada pelo ex-deputado. A esposa de Paulo Marinho, a ex-prefeita Márcia Marinho, segue sendo a secretária da Mulher na gestão Fábio Gentil. Já o irmão de Paulo Marinho, Pedro Marinho, é o atual secretário de Meio Ambiente de Caxias, além de outros cargos ocupados por pessoas indicadas e próximas de Paulo Marinho .Fazer Oposição a qualquer gestão, é um direito que cabe a Paulo Marinho e a qualquer outra pessoa, mas criticar a gestão e manter aliados e parentes em cargos de alto escalão, além de incoerente é de um cinismo surreal. Sendo assim, se quiser continuar sendo Oposição, Paulo Marinho precisa entregar os cargos que, indiretamente, possui, pois do contrário suas críticas não terão ressonância alguma e será uma Oposição para “inglês ver”, afinal não se pode querer o bônus, mas sem ter o ônus.
É aguardar e conferir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *