CALOTES ELEITORAIS ESPALHARAM-SE PELO MARANHÃO,MAIS UM ESCÂNDALO DESTA VEZ NA CAPITAL,A SAIA JUSTA DO CALOTE FOI REVELADA NO INTERIOR DO PREDIO DE UM PODER LEGISLATIVO, CADÊ MEUS VOTOS, QUERO MEU DINHEIRO DE VOLTA

Ribeiro Neto sai fugido após João Batista Segundo realizar cobrança de R$700 mil na câmara de São Luí

NA ULTIMA quinta-feira (06), ocorreu uma verdadeira saia justa na Câmara Municipal de São Luís. A confusão começou após uma cobrança do candidato a deputado estadual derrotado nas eleições de 2022, João Batista Segundo, ao também candidato a deputado federal, Ribeiro Neto, ambos do “Patriotas”.Tudo começou quando o vereador Ribeiro Neto, espalhou nos quatro cantos do Maranhão que não precisou de nenhum recursos do chamado fundão eleitoral para bancar sua candidatura.

A NEGOCIAÇÃO FOI ENTRE UM CANDIDATO a deputado estadual, residente no  Interior, que repassou 700 mil para outro candidato a deputado federal, QUE RESIDE NA CAPITAL ,que em troca lhe daria   4 a cinco mil votos , NO FINAL SÓ SAIRAM POUCO MAIS DE 1.700 VOTOS, NA APURAÇÃO DAS URNAS, E O PIOR O CANDIDATO PERDEU A VAGA  DE ULTIMO COLOCADO DO SEU PARTIDO  POR FALTAR APENAS 500 VOTOS- COMO CANDIDATO DERROTADO,  JOÃO BATISTA SEGUNDO CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL FOI EM BUSCA DE SUA GRANA,PROCUROU O EX-PARCEIRO, CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL ATUALMENTE VEREADOR EM SÃOLUIS, E O CALOTEIRO OU ESTEOLINATÁRIO DO VOTO, VEREADOR RIBEIRO NETO,QUANDO SOUBE  QUE O INTERIRORANO JOÃO BATISTA SEGUNDO ESTAVA NA CASA A PROCURA DE SUA PESSOA , O DEVEDOR SAIU PELOS FUNDOS PARA NÃO SE ENCONTRAR COM O PARCEIRO, E O BATISTA SEGUNDO,FICOU NA PORTARIA DA CÂMARA MUNICIPAL CANTANDO MAIS OU MENOS ASSIM  (aperte o play e console o segundo)

Na capital maranhense não tem se falado de outro assunto, além da desmoralização do vereador Ribeiro Neto, que pregava tanto uma nova política, mas agiu  erroneamente ,AGORA SEM  GRANA,SEM O MANDATO SONHADO, E  ainda pior, devendo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *