DONA ORLANDA A SENHORA CONTINUA TODA ENROLADA TENHA NOÇÃO QUE MANDATO DE PREFEITO É SÓ DE 4 ANOS E NÃO QUARENTA ,A SENHORA PODE VER O SOL DE PARAIBANO EM FORMATO QUADRADO

APÓS RECEBER SEM TRABALHAR, IRMÃ DO VICE-PREFEITO DE PARAIBANO CONTINUA TODA ENROLADA

DONA ORLANDA SAI DO NEPOTISMO

Trata-se dos desdobramentos do caso envolvendo a irmã do vice prefeito de Paraibano, Orlanda Maria Coelho.
Conforme noticiado anteriormente pela mídia, o MPMA instaurou Inquérito Civil para apurar a legalidade da nomeação da irmã do vice – prefeito para o cargo em comissão DAS 2 da Secretaria Municipal de Saúde. O MP já recomendou a exoneração da servidora por suposto nepotismo, o que já foi cumprido pela prefeitura. Contudo, como havia fortes indícios de que a ex servidora mora em Barra do Corda e, assim, não comparecia para executar suas atividades laborais na cidade de Paraibano pode responder por Improbidade Administrativa, ter que ressarci os cofres públicos durante todo o período e, ainda, ficar impedida de ocupar cargos públicos. Ocorre que, no decorrer das investigações, com a juntada de documentos e novas diligencias, o caso tem agora novos desdobramentos e alcança outros órgãos.
Conforme apurado, além de ter um cargo em comissão na cidade de Paraibano a ex – servidora também ocupava no mesmo período função pública no Hospital de Urgência e Emergência de Presidente Dutra o “Socorrão” na cidade de Presidente Dutra e, nesse mesmo período, recebeu junto ao INSS auxilio doença mesmo estando investida em duas funções públicas.
Assim, diante dessas novas informações o Ministério Público Federal e o INSS foram acionados para apurar suposto crime de estelionato por parte da ex-servidora. O MPF – por sua vez, instaurou Noticia de Fato sob o número 1.19.000.002161/2021-43 e o INSS instaurou processo administrativo sancionador para apurar o caso.
Se condenada pelo crime de estelionato a ex – servidora pode pegar uma pena de 5 anos de reclusão, além de multa e, ainda, ter que devolver todos os valores recebidos indevidamente. O BLOG RODA VIVA deixa o espaço aberto para quaisquer esclarecimento por parte da senhora, Orlanda Maria Coelho.
A VERACIDADE DAS INFORMAÇOES PODEM SER OBTIDAS JUNTO AO SITE DE PESQUISA PROCESSUAL DO MPF/MA E INSS”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *