Investigação apura quem financiava Besouro Pagodinho para difamar pessoas e autoridades no Maranhão

BESOURO PAGODINHO ESTÁ DESTILANDO O SEU VENENO TEM GENTE EM BACABAL COREENDO DA SALA PRA COSINHA ELE VAI ABRIR A CAIXA DE FERRAMENTA

Circula um áudio nos grupos de WhatsApp mostrando que Besouro Pagodinho, antes mesmo de ser preso, já ameaçava entregar o nome das pessoas que estavam passando informações para ele atacar pessoas e autoridades do estado do Maranhão. Besouro afirmou que, entre aqueles que já financiaram seus vídeos difamadores, há gente de Pedreiras e outras cidades, porém, a pessoa que realmente o incentivou a atacar a delegada Lícia Juliane é de Zé Doca.

BESOURO PAGODINHO PROVANDO DO SEU PROPRIO VENENO

Eu vou entregar quem mandou em xingar Zé Doca, só não vou entregar quem mandou eu xingar Santa Luzia do Paruá, porque aquele cara é brother, ele fez um pix para mim “da hora” e depois me deu mais uma ajuda. Agora esse de Zé Doca eu entrego porque ele é vagabundo. O cara mandou eu fazer o vídeo e agora está doido num grupo falando mal de mim. Vou fazer com ele a mesma coisa que fiz com o cara de Pedreiras, Trizidela do Vale e de São Mateus: printar todas as conversas e jogar nos grupos e ele que se vire com o povo da cidade dele, com a delegada e tudo, porque foi ele que vendeu meu PV dizendo que a delegada estava falando mal de mim no Instagram. Ele mandou o recado “Besouro, xinga ela” e eu, como estava bebendo, desci a lenha nela”, disse no áudio. Porém, a investigação da Polícia Civil não considera tão necessário o depoimento de Besouro Pagodinho, uma vez que seu celular foi apreendido e lá os investigadores terão acesso às informações necessárias dos seus financiadores, já que ele mesmo alega que fazia ataques em troca de transferências no PIX.
A prisão de Besouro gerou uma onda de medo entre muitas pessoas no estado, que agora receiam ter o nome envolvido nos crimes de calúnia e difamação feitos por ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *